TJ-MG condena empresa a pagar 8 mil a ciclista que caiu em buraco de obra

Empresa responsável pela obra não sinalizou o local, diz Tribunal

Ciclista
Ciclista deve ser indenizado por queda em buraco (Foto: Reprodução)

Um ciclista deve ser indenizado, por danos morais, em R$ 8 mil, pela prestadora de serviços Ecel Engenharia e Construções devido a uma queda em um buraco nas proximidades de uma obra de responsabilidade das empresas. A decisão da 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) reforma o valor definido na sentença da Comarca de Várzea da Palma.

O ciclista afirma, nos autos, que estava de bicicleta à noite quando caiu por causa de um buraco sem sinalização em uma obra na esquina de uma rua com uma rodovia nos limites da cidade de Várzea da Palma. Além de ficar gravemente ferido e com cicatrizes, ele passou a sentir muitas dores no corpo e que ficou inseguro para voltar a andar de bicicleta. Por isso, o jovem acionou a Justiça, solicitando danos morais, estéticos e materiais, pois teve gastos para consertar seu veículo e com medicamentos.

A empresa alegou que o ciclista não soube definir a data do acidente, não usava equipamento de iluminação para trafegar à noite e não comprovou que a queda sofrida aconteceu no local onde era realizada a obra.

Em primeira instância, ficou definida uma indenização de R$ 5 mil por danos morais ao acidentado.

O ciclista e a Ecel Engenharia recorreram. A relatora do recurso, desembargadora Alice Birchal, negou provimento ao recurso da empresa e deu parcial provimento ao recurso do ciclista para aumentar o valor da indenização para R$ 8 mil. Segundo a magistrada, os danos materiais e estéticos não ficaram provados, porque as fotos dos ferimentos foram da época do acidente e não demonstraram sequelas de cicatrizes, e o autor não comprovou os gastos com o conserto da bicicleta e com os medicamentos.

Contudo, a relatora entendeu que, mesmo tendo culpa concorrente, por não ter usado equipamentos de segurança, o ciclista sofreu danos morais “em decorrência de toda a dor física e moral experimentadas, com as consequências do acidente, que se traduz no dissabor da convalescência, que se estende por longo tempo, além do constrangimento perante os amigos, especialmente na idade jovem, por ter se vitimado em um buraco da via”.

Os desembargadores Belizário de Lacerda e Peixoto Henriques votaram de acordo com o relator.

As informações são do "TJMG".

COMENTÁRIOS

Nome

Acidentes,33,Agenda,16,Águas Formosas,1,Águas Vermelhas,3,Almenara,47,Aneel,1,Animais,50,Araçuaí,5,Atlético-MG,2,Bahia,2,Bandeira,3,Barbacena,1,Belo Horizonte,32,Berilo,1,Betim,6,Bizarros,56,Brasil,43,Brigas,75,Caeté,1,Capelinha,5,Caraí,1,Carbonita,1,Catuji,1,Cemig,16,Clima,1,CNH,1,Comercinho,1,Contagem,3,Copasa,7,Coronel Murta,1,Corpo de Bombeiros,4,Curiosidades,113,Curvelo,1,Detran,4,Diamantina,4,Divinópolis,2,Divisa Alegre,3,Economia,17,Educação,10,Eleições,3,Enem,2,Esportes,76,Facebook,1,Famosos,12,Flagras,90,Futebol,1,Governador Valadares,7,IBGE,4,IFNMG,4,Igam,1,Indaiabira,1,INSS,3,Ipatinga,2,Itajubá,1,Itaobim,17,Jacinto,5,Janaúba,2,Januária,1,Jequitinhonha,6,Joaíma,6,Joanésia,1,Jordânia,4,Juiz de Fora,1,Loterias,3,Marcos Valério,1,Mateus Leme,1,Medina,20,Mega-Sena,2,Meio Ambiente,4,Minas Gerais,84,Montes Claros,4,Mundo,2,Músicas,28,Nanuque,2,Norte de Minas,19,Padre Paraíso,3,Palmópolis,2,Paraopeba,1,Páscoa,1,Passos,2,PCMG,20,Peçanha,1,Pedra Azul,4,Pegadinhas,12,Pintópolis,1,PMMG,9,Polícia Federal,2,Policiais,25,Política,41,Ponto dos Volantes,3,Porto Seguro,1,PRF,1,Publicidade,3,Radar do Vale,2,Receitas,5,Resplendor,1,Rio de Janeiro,1,Rio Pardo de Minas,1,RMBH,1,Rubim,3,Sabará,1,Salinas,4,Salto da Divisa,1,Santa Luzia,2,Santa Maria do Salto,1,Santo Antônio do Jacinto,4,Saúde,1,Sebrae,12,Taiobeiras,2,Tecnologia,3,Televisão,137,Teófilo Otoni,11,Trailers,36,Trânsito,1,Triângulo Mineiro,2,TV Globo,2,Uberlândia,2,Vale do Aço,2,Vale do Jequitinhonha,94,Vale do Mucuri,14,Vale do Rio Doce,5,Várzea da Palma,1,Vespasiano,1,Vídeos,295,Virgem da Lapa,1,Você Viu?,2,
ltr
item
Radar do Vale MG: TJ-MG condena empresa a pagar 8 mil a ciclista que caiu em buraco de obra
TJ-MG condena empresa a pagar 8 mil a ciclista que caiu em buraco de obra
Empresa responsável pela obra não sinalizou o local, diz Tribunal
https://3.bp.blogspot.com/-g5p-uaL2AmI/WwYaIuyxlyI/AAAAAAAABw0/ZGmSj7FbopMJl0x4LLDZ142kKoGSw05jgCLcBGAs/s640/Winter-cycling-shoes.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-g5p-uaL2AmI/WwYaIuyxlyI/AAAAAAAABw0/ZGmSj7FbopMJl0x4LLDZ142kKoGSw05jgCLcBGAs/s72-c/Winter-cycling-shoes.jpg
Radar do Vale MG
http://www.radardovalemg.com/2018/05/tj-mg-condena-empresa-pagar-8-mil.html
http://www.radardovalemg.com/
http://www.radardovalemg.com/
http://www.radardovalemg.com/2018/05/tj-mg-condena-empresa-pagar-8-mil.html
true
406812572025086061
UTF-8
Todas postagens carregadas Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Excluir Por Home PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ RÓTULO ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não foi encontrado resultados Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago há mais de 5 semanas Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PRIVADO Por favor, compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar