Desembargadora diz não se arrepender de declaração sobre Marielle

Magistrada diz que se 'precipitou' ao falar de Marielle

Vereadora Marielle Franco
Magistrada diz que se 'precipitou' ao falar de Marielle (Foto: Divulgação)

A desembargadora Marília Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio, disse não estar arrependida de comentários em redes sociais ligando a vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada na última quarta (14), ao tráfico de drogas.

Em entrevista ao jornal O Dia, ela afirmou que fez as declarações como cidadã. Na sexta-feira (15), a magistrada afirmou em seu perfil numa rede social que Marielle estava "engajada com bandidos" e que havia sido eleita pela facção criminosa Comando Vermelho. A declaração gerou reação de familiares da vereadora e uma representação do PSOL ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

Depois de questionada, disse que não conhecia Marielle e que apenas havia replicado comentário que vira em páginas de amigos. "Em momento algum me referi ao meu cargo. Ali eu estava discutindo como uma cidadã comum que paga imposto e que lê o Facebook", disse ela a O Dia.

"Por que eu deveria me arrepender de ter feito um comentário? É só um comentário reproduzindo um outro. Eu não estou me sentido culpada por nada. Eu não criei o comentário. Se é boato, se alguém criou, o autor da criação que pode estar ou não arrependido", continua ela.

Em nota enviada ao jornal após a entrevista, ela afirmou que o comentário reproduzia "informações disponíveis na mídia e que, até então, não haviam sido contestadas nem pelo PSOL, nem pela família da vereadora, ou por quem quer que seja."

O PSOL iniciou uma força-tarefa para investigar a origem das acusações contra Marielle e tentar encontrar os autores. No domingo (18), a página oficial da vereadora na internet abriu uma seção para negar as acusações.

A página diz que Marielle nunca foi casada nem teve relacionamento com o traficante Marcinho VP -seja Márcio Amaro do Nascimento, do Santa Marta, ou Márcio dos Santos Nepomuceno, do Complexo do Alemão-  e que apenas 7% de seus votos na região do complexo da Maré, onde nasceu e foi criada.

Paredão
Em outro comentário em redes sociais, a desembargadora Marília de Castro Neves disse que o deputado Jean Wyllys deveria ir para um paredão (de fuzilamento) "embora não valha a bala que o mata". A O Dia, ela defendeu que foi uma "ironia com o apoio declarado do deputado ao regime cubano".

A reportagem tentou falar com a desembargadora, mas sua assessoria informou que ela não quer dar entrevistas sobre o assunto.

Com informações da "Folha Press".

COMENTÁRIOS

Nome

Acidentes,33,Agenda,19,Águas Formosas,1,Águas Vermelhas,3,Almenara,48,Aneel,1,Animais,50,Araçuaí,5,Atlético-MG,2,Bahia,2,Bandeira,3,Barbacena,1,Belo Horizonte,33,Berilo,1,Betim,6,Bizarros,56,Brasil,45,Brigas,75,Caeté,1,Capelinha,5,Caraí,1,Carbonita,1,Catuji,1,Cemig,19,Clima,1,CNH,1,Comercinho,1,Contagem,3,Copasa,7,Coronel Murta,1,Corpo de Bombeiros,4,Curiosidades,113,Curvelo,1,Detran,4,Diamantina,4,Divinópolis,2,Divisa Alegre,4,Economia,18,Educação,10,Eleições,3,Enem,2,Esportes,76,Facebook,1,Famosos,12,Flagras,90,Futebol,1,Governador Valadares,7,IBGE,6,IFNMG,4,Igam,1,Indaiabira,1,INSS,3,Ipatinga,2,Itajubá,1,Itaobim,17,Jacinto,5,Janaúba,2,Januária,1,Jequitinhonha,6,Joaíma,6,Joanésia,1,Jordânia,4,Juiz de Fora,1,Loterias,4,Marcos Valério,1,Mateus Leme,1,Medina,20,Mega-Sena,3,Meio Ambiente,5,Minas Gerais,88,Montes Claros,5,Mundo,2,Músicas,28,Nanuque,2,Norte de Minas,21,Padre Paraíso,3,Palmópolis,2,Paraopeba,1,Páscoa,1,Passos,2,PCMG,20,Peçanha,1,Pedra Azul,5,Pegadinhas,12,Pintópolis,1,PMMG,9,Polícia Federal,2,Policiais,25,Política,41,Ponto dos Volantes,3,Porto Seguro,2,PRF,1,Publicidade,3,Radar do Vale,2,Receitas,5,Resplendor,1,Rio de Janeiro,1,Rio Pardo de Minas,1,RMBH,1,Rubim,3,Sabará,1,Salinas,4,Salto da Divisa,2,Santa Luzia,2,Santa Maria do Salto,1,Santo Antônio do Jacinto,4,Saúde,1,Sebrae,12,Taiobeiras,2,Tecnologia,3,Televisão,137,Teófilo Otoni,11,Trailers,36,Trânsito,1,Triângulo Mineiro,2,TV Globo,2,Uberlândia,2,Vale do Aço,2,Vale do Jequitinhonha,98,Vale do Mucuri,14,Vale do Rio Doce,5,Várzea da Palma,1,Vespasiano,1,Vídeos,295,Virgem da Lapa,1,Você Viu?,2,
ltr
item
Radar do Vale MG: Desembargadora diz não se arrepender de declaração sobre Marielle
Desembargadora diz não se arrepender de declaração sobre Marielle
Magistrada diz que se 'precipitou' ao falar de Marielle
https://1.bp.blogspot.com/--dfrinDnzdE/WrJa26_S10I/AAAAAAAAArE/mVsHaTfC60gcEZbp4nVcLas8HQuh6svVQCLcBGAs/s640/4bbf3d4c0e92d1bf2c979e262bf6c2d5.jpg
https://1.bp.blogspot.com/--dfrinDnzdE/WrJa26_S10I/AAAAAAAAArE/mVsHaTfC60gcEZbp4nVcLas8HQuh6svVQCLcBGAs/s72-c/4bbf3d4c0e92d1bf2c979e262bf6c2d5.jpg
Radar do Vale MG
https://www.radardovalemg.com/2018/03/desembargadora-diz-nao-se-arrepender-de.html
https://www.radardovalemg.com/
http://www.radardovalemg.com/
http://www.radardovalemg.com/2018/03/desembargadora-diz-nao-se-arrepender-de.html
true
406812572025086061
UTF-8
Todas postagens carregadas Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Excluir Por Home PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ RÓTULO ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não foi encontrado resultados Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago há mais de 5 semanas Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PRIVADO Por favor, compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar